Boletim de Discussão de Astronomia Cosmobrain


Cosmofórum

Fórum Brasileiro de Astronomia


Forum de Astronomia Cosmobrain
 
 
 
Criar novo tópico Enviar mensagem  [ 96 Mensagens ] 

  Autor

  Mensagem


Moderador
Moderador
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 2679
 Registro: 09/05/2004

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor jaderroo » Sex, 21/01/2011, 16:04h

Luiz, sinceramente eu quero entender a sua teoria e não simplesmente "marretá-la".
Como sempre gostei de geografia, física e astronomia, todas as teorias que envolvem essas ciências me interessam.

Hoje estava refletindo sobre o seu "analema visto do céu".
Para desenhá-lo, você marcou os locais onde ocorreram o zênite solar todos os dias do ano, tomando como referência o meio dia de Brasília. Certo?

Luiz Sampaio Athayde escreveu:
...
Se tiver um tempo, baixe a apresentação e observe o analema da perspectiva que está dita no trabalho. Na figura 08 coloco somente o analema (onde ocorre zênite solar todos os dias do ano ao meio dia de Brasília) somente entre as latitudes aproximadas de Salvador e do Trópico de Capricórnio, para demonstrar que a variação do tempo médio é maior em uma latituide muito próxima a Salvador, além do que essa maior variação é encontrada em datas próximas às datas dos nossos zênites solares. Tanto na figura 08 quanto na 09 os desenhos foram feitos a mão. A qualidade não está boa, mas a importância didática é a demonstração dos pontos máximos, o que é fornecido pelo USNO. Posso ver com os amigos da informática se consigo uma qualidade melhor para nova edição, fica a dica.
...


Após uma análise dos meus conhecimentos de geografia, pude chegar a algumas conclusões:

1º) O analema "tradicional, visto a partir do solo, irá variar de acordo com a latitude do local de observação, independente da longitude. Assim, todas as cidades com a mesma latitude terão o mesmo analema. Concorda comigo?

2º) O "analema visto do espaço", foi desenhado tomando como base o horário (meio-dia) de Brasília. Neste caso, a latitude da cidade tomada como referência não irá influenciar no desenho do "analema visto do espaço", pois a referência é o meio-dia do fuso horário (longitude). Assim, se usar o meio dia de duas cidades que estejam no mesmo fuso horário, independente do hemisfério (norte ou sul), o desenho e a localização geográfica do analema serão os mesmos. Concorda comigo?

3º) Como a referência do "analema visto do céu" é a longitude (meio dia), o desenho do analema será sempre o mesmo, mesmo se usarmos duas cidades com fusos horários (longitude) diferentes. Se tomarmos Brasília e Cuiabá como referência, o "analema visto do céu" terá o mesmo desenho e os mesmos limites norte e sul, além da mesma amplitude leste-oeste. A unica diferença é que o "analema visto do céu" de Cuiabá estará apenas deslocado na longitude em 15 graus para oeste, devido à diferença de fuso horário em relação à Brasília (-1 hora). concorda comigo?

4º) Após analisar as minhas conclusões acima descritas, notei que o desenho do analema da figura nr 9 (página 11) não está corretamente desenhado, pois o centro do oito deveria estar exatamente sobre a linha do equador e os dois "laços" do oito serão idênticos, cada um em um hemisfério. No seu desenho o laço do hemisfério norte está desproporcional, menor, com relação ao laço do hemisfério sul. Concorda comigo?


Hoje a noite, horário com menos gente usando o 3G, tentarei novamente baixar o PPS.

Um abraço!




Jader
Itaipuaçu (Maricá) - RJ
Jader Silva Fotografia
500px: Jader Silva
Google+: +Jader Silva

Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Sex, 21/01/2011, 17:29h

Grande Jader,

Seguimos:

você marcou os locais onde ocorreram o zênite solar todos os dias do ano, tomando como referência o meio dia de Brasília. Certo?

Certo.

independente da longitude. Assim, todas as cidades com a mesma latitude terão o mesmo analema. Concorda comigo?

Concordo. Só é necessário lembrar que isso ocorrerá perfeitamente se elas fotografarem na mesma hora local também. Obvio que se for no mesmo momento encontrarão declinações diferentes.

Assim, se usar o meio dia de duas cidades que estejam no mesmo fuso horário, independente do hemisfério (norte ou sul), o desenho e a localização geográfica do analema serão os mesmos. Concorda comigo?

Concordo. Só é necessário lembrar que isso ocorrerá perfeitamente para o analema visto do espaço. Se elas fotografarem do solo no mesmo momento, estando uma no hemisfério norte e outra no sul encontrarão imagens bem diferentes, até por causa da diferença dos seus arcos, que comentarei a seguir.

o "analema visto do céu" de Cuiabá estará apenas deslocado na longitude em 15 graus para oeste, devido à diferença de fuso horário em relação à Brasília (-1 hora). concorda comigo?

Correto.

o desenho do analema da figura nr 9 (página 11) não está corretamente desenhado, pois o centro do oito deveria estar exatamente sobre a linha do equador e os dois "laços" do oito serão idênticos, cada um em um hemisfério. No seu desenho o laço do hemisfério norte está desproporcional, menor, com relação ao laço do hemisfério sul. Concorda comigo?

Veja Jader. O desenho não é primoroso, como disse foi feito a mão com o mouse, o que gera tremedeiras nas linhas. Disse também que pedirei aos amigos da informática para auxiliar em um desenho mais profissional. Disse também que para efeito de compreensão do que está descrito na Teoria do Zênite Solar são muito mais importantes os marcadores em amarelo colocados na imagem, que nos indicam (com precisão de acordo o USNO) os limites do analema no hemisfério sul, e isso demonstra que os limites máximos estão próximos a Salvador e em datas próximas aos nossos dois zênites solares.
O que ha de incorreto nas suas afirmações, com todo o devido respeito, é que os dois laços do Analema não são idênticos. O centro não está sobre o Equador, e sobre isso falo também no texto, veja por favor na página 11 abaixo da figura 09:


...sobre o vértice central
do analema, que seria o ponto de encontro entre as duas partes do “número
oito”, conforme a alusão que fizemos.
Vale ressaltar que, para demonstrar a ocorrência do analema na posição
em que está representado na imagem acima, foi levado em consideração a
posição do sol ao meio dia de Brasília, o fuso horário utilizado em Salvador, em
todos os dias do ano, sempre com base nos dados do USNO.
Segundo os mesmos dados, esse ponto fica por volta da latitude 8º 41’
40” (ou 8,6944º em base decimal) norte, ou seja, em todas as localidades
desse paralelo, como, por exemplo, Morichal, em Chaguaramas, Monagas, na
Venezuela ou Monteria, na Colômbia.
Na África, temos como exemplo de localidades próximas ao paralelo 8º
41’ 40” a cidade de Addis Abeba, na Etiópia ou Serra Leoa, na costa oeste
Africana, e ainda, o sul da Índia, parte do Sri Lanka e outras localidades da
Indonésia.


Lembro-lhe sempre que os limites dos desenhos foram fornecidos pelo USNO, como tammbém está dito na nota de rodapé número 2 na página 09:

Para encontrar tais datas e latitudes, utilizamos as imagens do USNO, onde observamos
imagens, sempre ao meio dia de Brasília, por todos os dias do ano, e encontramos 17
(dezessete) imagens com a mínima longitude, a saber: 41,5º graus de longitude oeste e, por
prudência, escolhemos a de número 09 (nove) por estar exatamente no meio. Com a longitude
máxima, ou seja, 49,1º graus de longitude oeste, encontramos 11 (onze) imagens, o que nos
levou a escolher a de número 06 (seis) pelo mesmo motivo, no sentido de tentar a máxima
precisão com os dados disponíveis.


Quando conseguir baixar a apresentação, comente aqui com a gente, ok?

Grande abraço, Jader!

Luiz Sampaio




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Moderador
Moderador
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 2679
 Registro: 09/05/2004

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor jaderroo » Sáb, 22/01/2011, 01:23h

Luiz, poderia me fornecer as duas datas em que o Sol está sobre o vértice central do analema, que seria o ponto de encontro entre as duas partes do “número oito”?
Necessito dessas datas para sanar algumas dúvidas sobre a sua explicação.
Um abraço!




Jader
Itaipuaçu (Maricá) - RJ
Jader Silva Fotografia
500px: Jader Silva
Google+: +Jader Silva

Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Sáb, 22/01/2011, 07:00h

Claro, Jader

Veja essa colagem das páginas 11 e 12:

...o sul da Índia, parte do Sri Lanka e outras localidades da
Indonésia.
Além das datas culminantes dos dois solstícios (~21/12 e ~21/06,) temos
mais duas perfeitamente alinhadas por volta de 12/04 e 31/08, que são as
datas aproximadas dos dois zênites solares no paralelo citado, mostradas,
respectivamente a seguir: (a seguir as figuras de números 10 e 11 mostram as duas posições).

Abraço, Jader!

Luiz Sampaio




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Ter, 25/01/2011, 06:27h

Amigos,

No meu Blog (http://veraodabahia.blogspot.com) faço apenas uma postagem por mês, sempre perto do final. A de janeiro está pronta, e faço um agradecimento ao amigos daqui do fórum pelas discussões ao tempo em que divulgo também para outras pessoas conhecerem o trabalho de vocês.
Depois dêem uma passadinha por lá e confiram. Obrigado mais uma vez!

Abraços do Amigo,

Luiz Sampaio




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Ter, 22/02/2011, 04:15h

Amigos,
Vejam nos links abaixo a reportagem do Curso de Extensão Astronomia Moderna X do Instituto de Física da UFBA pela TV da própria Universidade.
Eu apareço no vídeo na altura dos 7:00 minutos, mas vale conferir tudo, (9:00 min. no total).
Abraços!
Luiz Sampaio http://www.veraodabahia.blogspot.com

TV UFBA: http://www2.tv.ufba.br/video/367-curso- ... astronomia

You Tube: http://www.youtube.com/watch?v=4vfaK9P_ ... r_embedded




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Qui, 24/02/2011, 00:02h

Amigos,

Na minha fala cometi um equívoco. Digo no vídeo (7:00 em diante) que os zênites solares em Salvador são observados em 27/10 e 15/03, quando na verdade somente a primeira data está certa. A data correta do segundo zênite é 15/02.
Mais detalhes da Teoria do Zênite Solar no meu Blog: http://veraodabahia.blogspot.com/ ou diretamente no seu texto completo: http://congressoilheus.com.br/event/ces ... %20_7_.pdf

Abraços a todos!

Prof. MSc. Luiz Sampaio / http://veraodabahia.blogspot.com




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Sex, 04/03/2011, 00:36h

Amigos,

Está pronta a postagem de fevereiro no meu Blog, visitem: http://www.veraodabahia.blogspot.com
Os assuntos são a entrevista na TV UFBA, a qual já divulguei aqui e as imagens em fotos e vídeos hospedados no You Tube mostrando o segundo zênite solar em Salvador:
http://www.youtube.com/watch?v=I0YUsNOPr9o
http://www.youtube.com/watch?v=AXg63Uu3w2c
http://www.youtube.com/watch?v=Y4ZIE74Y54A
Zeca: Coloquei o link do seu site para divulgação na nova seção de links relacionados.
Jader: Já tenho as imagens da diferença do analema, divulgarei na próxima postagem, em abril.

Grande abraço a todos!

Luiz Sampaio http://www.veraodabahia.blogspot.com




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Qua, 23/03/2011, 03:10h

Amigos,

Faremos uma Palestra no Instituto de Geociências da UFBA (IGEO/UFBA) em Salvador com o título: A Teoria do Zênite Solar: Novas Regras para as Estações do Ano nas Localidades Tropicais, no dia 14/04/2011 as 19 horas. Estão todos convidados!

Abraços,

Luiz Sampaio / http://www.veraodabahia.blogspot.com




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Sub Curioso
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 6
 Registro: 23/03/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Draco Zecck » Qua, 23/03/2011, 11:18h

Luiz Sampaio Athayde escreveu:
Amigos,

Faremos uma Palestra no Instituto de Geociências da UFBA (IGEO/UFBA) em Salvador com o título: A Teoria do Zênite Solar: Novas Regras para as Estações do Ano nas Localidades Tropicais, no dia 14/04/2011 as 19 horas. Estão todos convidados!

Abraços,

Luiz Sampaio / http://www.veraodabahia.blogspot.com




Existe algum material de apoio para a palestra?




Ronaldo R. Rezeck
São Gonçalo do Sapucaí - Minas Gerais - Brasil
Lutar até que cordeiros virem leões...

Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Qua, 23/03/2011, 16:20h

Olá Draco,

Disponibilizo abaixo um breve resumo do meu trabalho (A Teoria do Zênite Solar). O mesmo pode ser encontrado no meu Blog: http://www.veraodabahia.blogspot.com/
Informo também que o trabalho tem sido exaustivamente discutido na internet aqui no Cosmofórum (veja as outras páginas): viewtopic.php?f=31&t=9178 e na Lista de discussão em Astronomia Urânia Brasil: http://br.dir.groups.yahoo.com/group/ur ... =dir&slk=1 (Cadastro requerido).
Seu texto completo da primeira versão em formato artigo pode ser lido aqui (foi escrito de forma bastante apressada para submissão, e por isso o trabalho está sendo reescrito em outro formato no qual ganhará mais alguns conteúdos): http://congressoilheus.com.br/event/ces ... %20_7_.pdf
O trabalho foi parte do Curso de Extensão Universitária do Instituto de Física da UFBA, Astronomia Moderna X, foi apresentado no Congresso de Educação do Sul da Bahia, será apresentado no Instituto de Geociências da UFBA dia 14/04 e foi apresentado em um curso para engenheiros em São Paulo, tendo sempre muito boa aceitação. O trabalho possui respaldo (Atestado) da Igreja Católica no sentido de que não fere as regras do calendário gregoriano nem suas datas móveis como páscoa ou quaresma.
Estou à inteira disposição para esclarecimentos sobre o trabalho.

Resumo:

Na Europa e na Ásia o Ano é dividido em quatro estações, pois há quatro períodos com condições climáticas muito distintas, como o inverno (frio), primavera (flores), verão (calor), outono (queda das folhas). No Brasil, embora tenhamos adotado o mesmo critério por causa da nossa herança de colonização européia, as Estações do Ano propriamente ditas só são percebidas de fato na Região Sul, nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, nas regiões serranas de Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Nos demais estados, principalmente nos estados da região Norte e Nordeste, devido a sua maior proximidade com o Equador, este conceito de Estações do Ano não se aplica, visto a ocorrência de dois Zênites solares em toda região Equatorial, segundo alguns cientistas mais cuidadosos. A maioria dos trabalhos sobre assunto sequer mencionam qualquer dificudade de aplicação das regras nas regiões trpicais.
Diante dessas lacunas, surge A Teoria do Zênite Solar, cujo objetivo principal é aumentar o Verão da Bahia, determinando a data de início do verão um mês e meio antes da ocorrência do primeiro Zênite Solar em Salvador ~27/10, bem antes do verão oficial, e o término do verão um mês e meio após a ocorrência do segundo Zênite Solar em ~15/02. Outro objetivo é fomentar um debate que possibilite as comunidades acadêmicas de outras regiões intertropicais delimitarem de forma mais precisa as suas estações do ano, com observação das quatro posições astronômicas do planeta, da ocorrência do Zênite Solar em suas localidades e suas condições climáticas. O sistema diferenciado de incidência do sol, duas vezes no ano entre os trópicos, evidencia a necessidade de normas diferentes para as estações nessas localidades. Seria mais correto ensinar regras que sejam condizentes com a realidade observada em suas regiões, segundo nos ensinam os grandes ed ucadores, principalmente com a possibilidade de circulação das informações e novas tecnologias disponíveis para a educação.
Precisamos alertar os professores para que façam observações, que não fiquem repassando esta literatura importada sem que sejam feitas as devidas ressalvas para algumas regiões esquecidas.
Este trabalho já foi apresentado no Congresso de Educação que ocorreu em Ilhéus e no Curso de extensão em Astronomia Moderna que se iniciou dia 10/01/2011 no IF da UFBA. A criação de novas regras que possibilitem uma melhor definição das estações do ano nas regiões intertropicais poderia proporcionar mudanças positivas na área da Educação, colcando as devidas ressalvas no conteúdo dos livros didáticos; No desenvolvimento da ciência local, com a criação de uma literatura congruente com a realidade de muitas regiões; Na área do Turismo, ampliando e diversificando o Verão; Na área da saúde, conhecendo melhor os períodos de maior insolação, nas localidades.

Acredito que o IGEO/UFBA irá disponibilizar esse resumo para os interessados ou clocará em cartazes. No nosso texto tem todas as explicações da proposta e indicação para baixar uma apresentação em PPS que ajuda a compreensão. No Blog também tem tudo, basta dar uma navegada nas postagens anteriores. Se gostar da idéia, torne-se um seguidor. Fico feliz com novos seguidores (as)!

Abraço,

Luiz Sampaio / http://www.veraodabahia.blogspot.com




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  

Aspirante
Aspirante
Default Avatar.
 
 Masculino
 Msgs: 105
 Registro: 05/01/2011

Offline
Re: A teoria do zênite solar / Nova Postagem

Mensagempor Luiz Sampaio Athayde » Seg, 04/04/2011, 15:57h

Amigos,

Está pronta a postagem de março no meu Blog: http://www.veraodabahia.blogspot.com na qual divulgo a palestra que farei com o título "A Teoria do Zênite Solar: Novas Regras para as Estações do Ano nas Localidades Tropicais", no Instituto de Geociências da UFBA (IGEO/UFBA) no próximo dia 14/04/2011 as 19:00 horas. Estão todos convidados!

Abraço,

Luiz Sampaio / http://www.veraodabahia.blogspot.com




Voltar ao topo
 Perfil  
Responder com citação  
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Enviar mensagem  [ 96 Mensagens ] 

 
Ir para:  
 

 Usuários Online

Usuários online neste fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante
 Todos os Horários são UTC * Todos os IPs são logados.
 
 
Criar novos tópicos: Negado
Responder tópicos: Negado
Editar suas mensagens: Negado
Excluir suas mensagens: Negado
Enviar anexos: Negado

 
Servidores Dedicados Ars Magna Powered by Ars Magna WebServer